SABIA QUE...?

Setembro 06 2004
file_22610.jpg

.


A Organização Não Governamental "Women on Waves" trouxe a Portugal o barco

conhecido por Navio do Aborto. Trata-se de uma missão para dar apoio às Mulheres


Portuguesas que pretendem interromper voluntàriamente a gravidez.


Logo estalou a polémica. Os conservadores bateram com a mão no peito e negaram


autorização à entrada do navio em águas territoriais. Forças dos mais diversos


matizes reconhecem que essa atitude envergonha o País. O estrangeiro olha de


soslaio para Portugal e ri-se das medidas de segurança : Barcos de guerra a tomarem

conta de um carregamento de pilulas enquanto que carregamentos de droga

continuam impunemente a baixar às nossas praias.


É o País que temos. São os políticos que alcançaram esse poiso sem serem votados.


E as Mulheres deste País o que têm a dizer ??

publicado por Lumife às 21:43

Eu já disse e digo não ao barquito,bem como à total despenalização do aborto.Yulungayulunga
(http://yulunga.blogs.sapo.pt)
(mailto:yulunga1@sapo.pt)
Anónimo a 21 de Setembro de 2004 às 15:45

Eu não sei quem tu és e tens todo o direito a tua opinião mas demonstras estupidez quando dizes ou melhor escreves barquito " e que quando o fazes demonstras raiva e a raiva e o nervosismo e o 1º sintoma de que algo esta mal e como não se consegue dissuadir a pessoa então ofende-se.
Em relação ao assunto acho muito bem, será que é melhor ter um pais cheio de crianças a serem maltratadas ou mesmo abandonadas porque ou os pais não estão preparados ou não o querem é claro que com uma medida assim as pessoas dão carta branca ao sexo sem consequencias e isso também eu sou contra mas não é proibindo que se vai mudar algo e sim educando , não é forçando uma ideia que ela e recebida, e a falar que as pessoas se entendem
jorge a 14 de Fevereiro de 2011 às 16:35

mais sobre mim
Setembro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

14
16
18

19
21
23

26
29


pesquisar
 
eXTReMe Tracker
blogs SAPO