SABIA QUE...?

Janeiro 21 2009

 insonia.jpg

Insónias

O que fazer quando o sono não

 vem

 
 
Em média, um ser humano passa 35 por cento do seu tempo de vida a dormir. Mas para milhões de pessoas no mundo inteiro, esta estimativa é apenas “um sonho”. Ou um pesadelo. Não conseguir dormir, acordar a intervalos ao longo da noite ou despertar de manhã e ser incapaz de voltar a adormecer são sintomas de insónia.

Os especialistas defendem que a necessidade do sono é absoluta e não pode ser suprimida por mais de 48 horas, sem resultados graves. Cansaço, ansiedade, irritabilidade, alterações psicológicas, memória, desgaste físico ou, em casos extremos, a morte, são sinais evidentes de insuficientes horas de sono.

As insónias podem ser ocasionais ou crónicas. A primeira é transitória e pode estar associada a determinadas fases da vida ou a maus hábitos alimentares. Se for crónica, pode durar meses, anos ou até uma vida, sendo geralmente agravada com o envelhecimento. Muitas vezes, os soníferos e antibióticos apenas adiam o problema, “forçando” o sono e trazendo excessiva dependência aos fármacos. É por isso que lhe sugerimos alternativas naturais.
  
Fitoterapia
Valeriana – Tem um efeito sedativo e anti-stresse. Actua ao nível do sistema nervoso central, diminuindo a tensão e favorecendo o sono. É também indicada para casos de ansiedade, neuroses gástricas, cefaleias e depressão nervosa ligeira.
 
Passiflora - Emprega-se como sedativo nas insónias ligeiras, menopausa e alcoolismo.
Possui propriedades espasmolíticas, sobretudo ao nível dos músculos lisos.
 
Tília – Actua sobre o sistema nervoso central e possui propriedades sedativas. É indutora do sono, especialmente em crianças com agitação nocturna.
 
Chás de ervas – Camomila, Urtiga e Erva-doce estão entre os mais recomendados. Suplementos para dormir
 
 
Nutrientes
Vitamina B – As vitaminas do complexo B ajudam a prevenir a insónia, sobretudo a vitamina B3.
Para resultados mais eficazes, aconselha-se um suplemento que possua todos os nutrientes deste complexo.
 
Melatonina – Essencial para a qualidade do sono. Controla a transmissão nervosa ao nível do cérebro, regulando o humor e a predisposição. É aconselhada em pequenas doses (1-3mg à noite).
 
Magnésio e cálcio – A insuficiência destes minerais na dieta pode resultar em tensões, cãibras musculares ou incapacidade para descontrair.
 

 

Medicinas alternativas
 
Shiatsu – A massagem shiatsu exerce pressão ao longo dos meridianos, para desbloquear e estimular a energia. É indicada para o tratamento de stresse, insónias, dores nas costas e perturbações digestivas
 
Massagem Thai – Massagem tailandesa revigorante e relaxante muito eficaz no tratamento de dores nas costas, tensões musculares e insónias.
 
Acupunctura – Através da inserção de agulhas, promove o equilíbrio do organismo.
Sendo indicada para o tratamento de doenças crónicas como a enxaqueca e insónia.
 
 
Alimentos que induzem o sono
 
Banana - cobre, magnésio, vitaminas B6 e C
Beterraba - cálcio, ferro, magnésio e vitamina C
Peru - cálcio e triptofano
Espargos - cálcio, magnésio, vitaminas B e C
Sardinha - cálcio, crómio, AGE e Ómega 3
Cevada - cálcio, magnésio e vitaminas B
Pêssego - vitamina C, cálcio, cobre, ácido fólico e magnésio
Fonte: O Nutricionista – O que se deve comer para dormir melhor
 
 
Dicas para dormir melhor
 
- Cumpra horários regulares para se deitar e acordar
- Não se deite com fome ou de “barriga cheia”
- Evite a cafeína, chá preto, álcool e tabaco
- Pratique exercício físico regular
- Evite ter aparelhos electrónicos no quarto, colunas de som ou telemóveis perto da sua cabeceira
- Se não tiver sono, saia da cama. Uma música suave ou um livro podem ajudar
- Perca o peso em excesso (a obesidade contribui para a apneia do sono)
- Tome um duche quente e relaxante antes de se deitar
 
 

(373)

publicado por Lumife às 15:56

mais sobre mim
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
22
23
24

26
27
28
29
31


pesquisar
 
eXTReMe Tracker
blogs SAPO